Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Smiles & Tears

Guia de sobrevivência para mulheres fantásticas

Smiles & Tears

Guia de sobrevivência para mulheres fantásticas

A princesa dos brincos de flor.

15239289_1330229276996336_115967244_n.jpg

 

Caminhava cabisbaixa, absorta em pensamentos e devaneios,

fruto da mente cansada.

Fitava o chão que pisava, as beatas entre as frestas das pedra

da calçada portuguesa.

Ao redor nada a distraía desse transe matinal.

Nem o barulho das buzinas, fruto da impaciência dos condutores, formigas em seus carreiros,

sem questionar o seu destino ... trabalhar, trabalhar, trabalhar.

De súbito, desligou o macaco falante que habita na sua cabeça.

Algo cativara a sua atenção.

Primeiro de soslaio, depois de olhos arregalados, viu-a.

Lá estava, a flor da sua infância.

Era mágica ... tinha brincos de princesa.

E a mente encheu-se de novo.

Desta, de flash coloridos de momentos de brincadeira.

Da caça aos grilos e do deitar em campos de malmequeres.

Há anos que não via os "brincos de princesa" da sua garotice.

Se calhar estavam lá. Talvez os tenha olhado, mas não os viu.

E a caminhada continuou, olhando as pedras da calçada e as beatas.

Mas agora, já não via a calçada, nem as beatas.

Via os brincos coloridos e perfumados, que preencheram dias de teatro, onde não havia actores.

Só ela, a princesa dos brincos de flor.