Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Smiles & Tears

Guia de sobrevivência para mulheres fantásticas

Smiles & Tears

Guia de sobrevivência para mulheres fantásticas

O tradicional também pode ser trendy.

cesta 1.png

cesta.png

 

Lembram-se daquelas cestas de junco e vime, tipicamente portuguesas, usadas para levar a merenda para o campo ou ir ao mercado? Pois bem, a empresa Toino Abel teve a brilhante ideia de, mantendo o conceito, os materiais e as técnicas, produzir cestas para uso quotidiano, de design e cores modernas. E já são sucesso internacional. Muito giras, não acham?

Inquilinos do coração ...

20151018_114347.jpg

Sim, o meu coração tem inquilinos. E não pagam renda ! Para eles guardo o meu tempo, reservo a minha atenção, multiplico os meus afectos. Mas, por vezes, apetece-me mais, apetece-me materializar os afectos ... às vezes gosto do impossível. Faço o que posso, o que consigo, o que sei ....

E pensei que os meus inquilinos mais novos iriam gostar de um miminho doce feito pela tia. Mas que doce ? Vieram-me à memória vivências passadas .... nada como um arroz doce !!

Como foi bom ouvir: "- Mais, Ti Ti Xanda ! Mais!"

 

Prendas daquelas que tu fazes com as tuas mãos ....

bolsa.jpg

 

E ainda dizem por aí (quem não tem mais nada com que se ocupar) que as novas gerações estão perdidas ! Eu cá por mim não concordo. E num misto de tristeza e orgulho vejo, por vezes, gerações bem mais novas a darem verdadeiras lições.

Num destes dias, a minha filha, que tem 11 anos, disse-me assim: " - Mãe, apetecia-me tanto dar uma prenda à minha amiga ."

" - Está bem. Então e o que lhe queres comprar?" - perguntei-lhe eu.

Eis que recebi uma resposta que é, também, um ensinamento : " - Nada, não lhe quero comprar nada. Não quero dessas prendas. Quero uma daquelas que têm valor. Uma das que tu fazes com as tuas mãos."

Peguei na lã, nas agulhas e no coração e fiz esta bolsinha para guardar o cartão da escola.

A minha filha tem ou não tem razão ? Não tem mais valor assim ?